Todo bom teólogo seguirá e entenderá esses mandamentos à risca.

1. Não tente explicar o inexplicável (Há questões que são para somente crer, não para explicar.);

2. Evite concentrar-se em especulações ou discussões em questões secundárias que não levam ninguém ao céu ou impedem de ir ao inferno (Isso é perda de tempo precioso que poderia estar sendo investido em outras questões edificantes para a Igreja, e mais, muitos por causa dessas discussões teológicas infindáveis perderam amigos e fizeram inimigos.);

3. Aprenda a dizer: “Não Sei”. (Se você não sabe, não enrole.);

4. Domine o vocabulário teológico, leia muitos livros teológicos, continue fazendo cursos, se aperfeiçoando, estude, estude, estude…;

5. Não esqueça de seu momento com Deus, ore muito, leia muito a Bíblia;

6. Duvide de suas dúvidas (seja um pesquisador constante, vá atrás, não se contente com as dúvidas);

7. Lembre-se que os motivos que unem os crentes são maiores do que os que os afastam (Enfatize as harmonias, as semelhanças e não os conflitos. Com exceção da apologética cristã que é útil e bíblica e milita contra heresias e seitas pseudo cristãs, não fique a criticar essa ou aquela denominação cristã por que seguem uma linha teológica diferente da sua. Seja sábio, teologia não é pra isso.);

8. Lembre que o teu conhecimento teológico deve servir para levar a salvação aos perdidos e a edificação aos salvos e não para constranger ou humilhar teus irmãos (Você estudou para ser um melhor servo, não para ser senhor da razão. Às vezes, mesmo estando certo, o melhor é ficar calado para em uma oportunidade mais edificante argumentar e até mesmo, abençoar os opositores);

9. Pregue e ensine com fervor e autoridade suas certezas e convicções e jamais as suas dúvidas (quando prega ou ensina uma questão ou tema que não possui convicção ou opinião formada, apenas causa confusão em quem o ouve);

10. Não use a teologia como vaidade ou engrandecimento pessoal, use-a para edificação do Corpo de Cristo (lembre-se que deve servir e não ser servido).

Simples assim.

O bom teólogo entende bem isso. O mau teólogo considera isso um ultraje.
O que pensa disso?

Deus o abençoe.

Pr. Magdiel Anselmo

Garanta grátis o seu Ebook 1000 Perguntas Bíblicas!

Insira o seu email abaixo e garanta hoje o seu Ebook!
Fique tranquilo, sua informação estará 100% segura conosco.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!